Estou passando por uma fase de transição (inclusive já ouvi muitas ''gracinhas'' por causa disso), e acho que finalmente descobri o que estava me incomodando, o que estava lá pedindo pra ser mudado. 

Não só o acúmulo de bens materiais, mas, de pessoas, de conteudos nas redes sociais, de tarefas no dia a dia.É o famoso abraçar o mundo com as pernas. Com essa obsolescência programada e avanço tecnológico, compramos hoje uma coisa que nem teremos sequer tempo de usufruir. Chegou um momento que eu não dava conta de mais nada e estava infeliz com aquilo tudo.

Entre livros e pesquisas descobri o Minimalismo. Não me admira que daqui há alguns poucos meses, seja mais uma daquelas palavras da moda que a mídia e as redes sociais vá cuspir em nós e começar a ditar regras.

Então de antemão, vos convido a conhecer este estilo que está mudando minha visão de mundo:

fonte: mybestwish.com.br
DEFINIÇÃO

O Minimalismo consiste em um estilo de vida, eu diria mais que isso talvez, ''é uma ferramenta que pode ajudar todos aqueles que estiverem dispostos a se livrar dos excessos em favor de se concentrar no que é importante para encontrar a felicidade, realização pessoal e principalmente, liberdade.''

O minimalismo traz várias ideias: consumir menos, controlar gastos, organizar-se e principalmente, se livrar de tudo o que não tem utilidade alguma. É tentar viver com o que você precisa, sem acúmulos. Utilizar um filtro para todas as áreas da sua vida, e despoluir, fazer uma limpeza física e espiritual. Deixar na sua vida apenas o que, e quem realmente importa, dar valor às coisas que você tem e a quem está sempre do seu lado. Quanto mais coisas temos com o que nos preocupar , menos cultivamos as coisas importante, até chegar o momento de tudo ser igualmente superficial, perdendo a essência sabe?

SOBRE A MINHA EXPERIÊNCIA

A princípio é estranho, não é nada fácil, principalmente se você for igual a mim, que comprava desenfreadamente e que queria conhecer tudo e todos ao mesmo tempo. Mas te juro, foi uma das melhores escolhas que já fiz. Deixando claro que não é deixar de comprar, de consumir, de gastar, mas de fazê-lo com consciência, quando houver necessidade. 

Gente, a melhor parte é a liberdade financeira, porque o dinheiro dura mais tempo, e dá pra você investir em algo que te deixe realmente realizado. Pra mim, deixar de gastar com coisas para gastar com experiências foi o melhor negócio. Poder viajar, frequentar lugares que eu gosto, provar coisas novas sem precisar gastar absurdos, passei a valorizar mais outros locais que não fossem shoppings. Sabe, a gente tem que explorar mais o ambiente ao qual temos acesso.

Quanto às pessoas, eu percebi que ao excluir uma rede social que não me acrescentava em nada (vulgo facebook), eu tive mais tempo para as pessoas de verdade na minha vida, aquelas que apesar de distantes mantinham contato real, o que é indispensável para lubrificar as engrenagens sociais.

Com menos coisas para eu administrar tive mais tempo para cuidar de mim, fazer alguma atividade que eu gosto, sem atrapalhar minhas obrigações diárias. Pessoas minimalistas também produzem menos lixo, já que consomem com consciência. Hoje eu estou bem mais produtiva, principalmente depois que abdiquei de atenção doentia às poucas redes sociais que mantenho hoje. 

Moda é bom demais, o que tem para não gostar não é verdade? pessoas belas em roupas estilosas. Mas um pecado que muita gente comete (assim como eu estava cometendo) é consumir por causa da moda algo que nada tem a ver com você, e que quando passar vai ser só mais uma peça esquecida. É um ponto muito difícil deste estilo de vida, eu estou sofrendo horrores (risos), mas estou buscando me controlar. Afinal como eu disse, é um exercício diário.

Eu sou mega apegada a coisas que eu ganho, eu quero morrer a ter que me desfazer de um presente, mas consegui reunir todos em uma única caixa, coisas que eu realmente não consigo me desapegar ainda. Ser uma acumuladora é horrível, mas eu já consegui me desfazer de tralhas que eu mesma comprava e que não usei.

Depois de toda essa limpeza ( que não vai parar por aí, óbvio, eu tenho muito o que aprender ), eu já me sinto muito mais livre, me alegrando cada vez mais, e sempre que vou comprar uma coisa eu analiso se realmente estou fazendo a coisa certa. Tem me feito bem e valido a pela, se algum de vocês decidir botar em prática ou quiser contar experiências, deixa nos comentários.



Um Lazy Beijo e Boa sorte!


››


Olá gente linda, tudo bem com vocês?

Hoje eu vim falar um pouquinho de como foi o encontrinho ontem no parque da jaqueira. Os convidados de honra foram a @gabihalencar, @blogerickthorne e @jessicamelooficial que dividiram conosco um pouquinho da trajetória deles com  blog e Youtube.




O tema do encontro foi Sereismo, eu enlouqueci né! me joguei em todos os acessórios que eu tinha sobre o tema.


Foto de @mariliagabrielafotografia



Eu fiz uma nail art, simples, mas inspirada no evento .


Uma das melhores partes com certeza foi conhecer gente tão legal. A @inesverdeblog que só conhecia online, a @marcellefernandaof e a minha mais nova ''Sister liar'' @vidadeblogueira

A celly que é linda e um amorzinho, me deu sorte e tirou meu nome em um dos sorteios! YAYY!! o/
Reencontrar minhas irmãs de cabelo @gabihalencar e @caichiinhosrubros, também foi um presente.

Eu fiquei muito feliz por participar do evento,  foi tudo muito bonito e proveitoso. As meninas da organização estão de parabéns, pelo planejamento, pela proposta do encontro e principalmente pela atenção e carinho dado a todas as presentes.

Ganhei um kit de tratamento capilar da @brasiliscosmeticos no sorteio, vou fazer resenha pra vocês sim ou claro? Aguardem

Lazy Beijos a todos.
››


Olá povo bonito, tudo bem?

A abordagem hoje será diferente e bem pessoal, então senta que la vem ''textão''.

Tudo começou quando eu saí do emprego e descobri que havia um mundo aqui fora...
























Dinheiro certo é bom, é ótimo! Quem não quer segurança? Mas quando a gente começa a ter rotina regrada a sair de casa, trabalhar, voltar só para dormir, passamos com o tempo a neglicenciar certos acontecimentos que passam apenas a ser coadjuvantes em nossa vida. E quando nossa diversão passa a ser o TER e não o SER, aí é que já estamos contaminados.






















Esta imagem, observe bem esta imagem. Antes eu riria desta cena, compartilharia com meus amigos no facebook e ainda constataria : é mesmo assim. Antes meus amigos faziam isso comigo, numa roda de pessoas, ninguém se entreolhava, mas então eu estava começando a fazer com eles também e isso começou a me incomodar.




















Sobre os relacionamentos eu não preciso nem falar, quando certos comportamentos são trazidos para a realidade. Pessoas que se falam na rede, e se ignoram na vida, a menos que elas precisem de você claro.

Eu sei caro leitor, pode parecer piegas, mas eu também já achei isso natural, hoje caio em mim e não é! O mundo é movido a interesse, não tenha dúvida, mas hoje 99,9% desses interesses são materiais e pseudoemocionais, e VOCÊ também pode está contaminado e nem percebe. É como diz o velho ditado: " Algumas pessoas vão te amar apenas quando puderem te usar. A lealdade termina quando os benefícios acabam".







Eu que sempre fui apreciadora das pequenas coisas da vida, me encontrei embriagada pelas coisas fugidias, PARA TUDO! Eu não quero ser assim! Eu não me admito ser uma escrava de ferramentas que não sei administrar, de amizades que não valem a pena, de pessoas que não me querem bem.

Dizem os neurocientistas que existem duas formas de aprendizagem efetiva, ou por repetição ou pelo trauma. Eu tive que passar pelos dois para aprender. O bom de tudo isso foi que constatei que em um mundo onde o ser  humano não tem importância pelo que é, mas pelo que tem, onde seus defeitos são mais alarmantes que suas qualidades, sinceramente não fazia o menor sentido deixar acontecer.



Eu, como muitos, me encontrava embebida pela arrogância, a falta de caráter, a falta de consideração pelo próximo, o egoismo e o modismo ostentação. Coisas que nunca fizeram parte de mim antes. E decidi mudar.

Parafraseando o Incrível Zack Magiezi. Eu cansei das conversas superficiais, das vaidades por ostentação, não pela autoestima, dos egos obesos e sufocantes, dos amores só de embalagem. Cansada de ver minha vida estar baseada em sair, trabalhar, voltar e dormir, cansada de conversar com pessoas ocas e escutar a minha própria voz ecoando no vazio. 

Cansada de dar satisfações para as pessoas que querem me amarrar em cordas de marionetes, as cordas do corpo perfeito, do linguajar ideal, da carreira profissional ideal.

As pessoas precisam entender que eu nasci sob a constelação da liberdade,e que minha vida ninguém mais rouba. Tenho uma fé inabalável no recomeço e quero me melhorar sempre, não tenho nenhum pesar do que fiz ou do que tenha dito, já que isso serviu para aprender, e sigo... Para um novo dia, novas histórias, novos livros e novas conversas, sem perder o charme claro, tenho cicatrizes na alma, mas não quero maquiá-las, a quem interessar possa, terei histórias para contar.

Estou me abstendo de tudo o que não me faz bem, quero ser como minha essência diz que sou, não como a sociedade tem me deixado pensar.

Vou Desandar, ou seja: Desfazer meus passos que trouxeram coisas ruins, e recomeçar.

Aos meus amigos que notarem minha falta, eu estou aqui, igual a sempre, mas querendo ser uma pessoa melhor (para mim, que julgo ser o principal interessado). Sei que muitos vão achar um absurdo não ter facebook nem whatsapp ou qualquer dessas ferramentas de comunicação,então vou logo adiantando, quem quer procura, quem não quer, arruma uma desculpa!

Lazy Beijos gente! Tamo junto!
››


Sempre adorei ver vídeos e ler posts sobre o que tem na bolsa dos outros. Na verdade nunca entendi essa curiosidade feminina por saber o que as outras carregam consigo haha! Hoje resolvi escrever o post então.

Não organizei a bolsa, nem escolhi, peguei a que eu tava usando e fiz, então vamos lá:

 Neste dia eu estava usando esta bolsa/saco que comprei na Marisa, faz um tempo já, inclusive nem indico porque fui lavar e a tinta das andorinhas largou e manchou  a parte  mais clara, para o meu descontentamento.

 Eu estou ultimamente bem comportada e carregando pouca coisa, neste dia ( de cima para baixo, da esquerda para a direita), Fones de ouvido, VEM (porque eu AINDA ando de buzão) kk, sobrinha (porque em Recife a gente sai no sol escaldante e volta na chuva), Necessaire, Caderno médio, álcool em gel, espelho e balinha flopi (que eu amo ), óculos de sol, estojo escolar, carteira e essa ''aguinha'' linda/ phyna e gourmet da ouro fino.

































Aproveitando para mostrar a necessaire: protetor solar em pó, BB cream Loreal, pincel, delineador, lenços anti oleosidade, prendedor de cabelo, ataquinhas de cabelo, brilho labial, batons em tom rosa, rímel, lápis de olho, protetor solar mini da Avene, lápis para sobrancelha. UFA!

É isso pessoal, sem muitos mistérios, até eu fiquei surpresa porque eu tinha praticamente um kit sobrevivência antigamente, não uma bolsa. Espero que tenham curtido.

Lazy Beijos!

››


Olá meus amores, tudo bem com vocês?

A pauta de hoje no casos de família é: Porque eu vejo looks fashions na vitrine, compro e quando eu visto não fica tão fashion assim? (tão eu). Muitas de nós ainda tem dificuldades para montar looks e sair do óbvio, apesar de ter o guarda roupas entupido de peças, vivemos soltando a celebre frase: Não tenho roupa!! Mas porque? A questão é: Falta de Inspiração.

Hoje eu trouxe uma Lista de 4 Aplicativos que vão te ajudar nesta tarefa.

Mas porque aplicativo Dinha? Porque eu sei que assim como eu muita gente não tem tempo de ler blogs diariamente, ou acompanhar alguém em especial, e com o aplicativo você terá várias dicas de looks num só lugar, vamos conferir:

Antes de tudo uma dica : Sigam modelos/blogueiras/musas inspiradoras que tenham o seu tipo físico, seu estilo e sua altura aproximada, assim você não corre o risco de compor um look que não cairá bem em você!  Essa dica funciona para mim, experimentem.




Este é o mais conhecido, vários usuários do mundo todo postam seus looks diariamente, normalmente mostram também o que usar para acompanhar (bolsa, sapato, chapéu, óculos etc), os looks de lá geralmente são mais elaborados, e a maioria dos usuários são gringos. No aplicativo ainda, dá pra filtrar por garotos, garotas ou ambos, e os usuários deixam o link da  peça caso você queira comprar parecido ou igual.

É parecido com o lookbook, mas acho a platatorma bem mais fácil de usar. É uma espécie de reunidor de blogs só de looks, lá os usuários postam looks diversos, você pode curtir, salvar para usar depois, comentar, fazer perguntas para o usuário, e ainda tem um desenho de uma etiqueta rosa em cima da peça, para você clicar e saber onde comprar e o valor aproximado.

Nesse você também tem milhões de sugestões de roupas, dá pra você seguir os usuários que mais se identifica e acompanhar os looks diários deles, o legal dele é que você pode filtrar por tipo de peça, cor, tendência, tecido, estampa etc. Por exemplo: você tem uma calça amarela e não sabe como usar, você utiliza a ferramenta filtrar por nome e cor e Voilá, aparecerá inúmeras sugestões. Dá pra você criar álbuns com suas sugestões, para olhar depois.

No Pose você inicialmente faz um cadastro ( nos outros também), mas depois preenche algumas informações sobre você e seu estilo, seleciona pessoas que te inspiram, marcas que gosta etc, e ele cria um link entre você e outros usuários com o mesmo padrão , para que possam servir de inspiração.

Todos estes aplicativos fornecem inspiração de looks, basta você reconhecer seu estilo e seguir as influências mais parecidas, todos são gratuitos e estão disponíveis para Android e IOS. Espero que tenham gostado e boa sorte ! 

Lazy Beijos
››