Que tal levar aquela vida que sempre quisemos, e não aquela que a sociedade desenha como modelo de vida ideal em que a ordem e o limite sãos os princípios da vida feliz!

Se você assim como eu  nunca gostou de que lhe digam o que fazer, Parabéns! Independente de quanto tombos nós levamos, somos os verdadeiros autodidatas da vida, aprendemos sozinhos e com nossos próprios erros construímos nossas ideologias de felicidade.

tem gente que leva 2 anos para entender o que realmente quer da vida, tem gente que leva 3 para saber o que escolher para o futuro, tem gente que leva um segundo para arquitetar e 10 anos para realizar, não me importa, eu não levo tempo algum, pois vivo cada milésimo de segundo como se fosse o último e a longo prazo vejo as coisas acontecerem.

Mas é aquela coisa, quem espera sentado não chega ao sucesso, mas quem alcança de imediato não pode sentar. Ô juventude Imediatista, vivem a vida como se fosse uma corrida de ratos, apostando para saber quem faz mais em menos tempo, e esquecem que o amanhã a nós não pertence.

Planos são essenciais para arquitetar o que se quer para a vida, mas se ocupamos ora pois, todo o tempo de juventude com planos, teremos tempo suficiente na velhice para lamentar o que nossos corpos já não suportam fazer.


Deixe um comentário

Estou respondendo os comentários por aqui mesmo,aproveita e deixa seu link para que eu possa conhecer seu espaço também ^^. Lazy Beijos