Oii lindos! tudo bem por aí? O post de hoje tá cheio de cliques e dicas para quem pretende conhecer o litoral de João Pessoa.


Esse Sábado, 21 de Novembro, fui com meu magnânimo comemorar nossos 7 anos de relacionamento em John Person João Pessoa, saímos de Recife por volta das 7h e chegamos pouco antes das 9h. Nosso destino foi a praia de Manaíra e o hotel que reservamos foi o  Intercity Premium João Pessoa. O check-in seria ao meio dia então antes disso resolvemos andar pelas redondezas.

Nossa primeira parada foi no Mercado de Artesanato, lá tem muita bungiganga, daquelas com poucas utilidades, mas que a gente ama comprar e levar para os parentes e amigos, haha. Também tem muita coisa artesanal obviamente, desde calçados a bolsas e almofadas. Os preços são bem amigos e com pouco dinheiro dá pra levar lembrancinha pra todo mundo (êeeeh!)



Próximo do meio dia fizemos check-in no Intercity, a reserva foi feita anteriormente pela Booking, e olha vou lhes contar, poupa um trabalho danado, nos livra de toda burocracia com agendamento, pagamento  e comunicação com o hotel além de conseguir vários descontos. Não é a primeira vez que usamos o aplicativo deles para fazer reserva e nunca tivemos problemas , pelo contrário. 


Largamos nossos pertences no hotel e fomos procurar um lugar para comer, o que eu pude observar nas ruas e consequentemente A-DO-REI, foi o fato de que muitas esquinas além da sinalização necessária, possui uma placa com a foto de algum pensador acompanhada de uma frase inspiradora, vi Santos Dumont, Ariano Suassuna e outros nomes importantes.

Agora começa nossa Saga. Eu com fome já sou mal humorada, e não encontrar nenhum lugar para comer na orla foi a gota d'água, gente que lugar é aquele? O pessoal só se alimenta de fast food? era tudo o que tinha aberto em pleno meio dia na orla. A pessoa com calor, cansada e com fome e ter que comer hamburguer, peraí né?


Depois de andar horrores, finalmente encontramos um polo gastronômico em frente ao Hotel Tropical Tambaú, onde comprei esse purê de macaxeira com carne de sol e Bacon que vos fala.Todas as barraquinhas de lá são bem simples mas a comida vem em uma porção generosa e é tudo muito gostoso, barato e higiênico.

Ser humano alimentado é Ser humano disposto haha. Voltamos para o hotel e procuramos aproveitar a piscina e o que mais nos foi oferecido. 


No final da tarde resolvemos conhecer a Estação Ciência de Cabo Branco, é tipo o lugar que conhecemos por Espaço Ciência (Aqui no Recife), tem basicamente as mesmas coisas, exposições, palestras, um auditório e instrumentos relacionados à ciência. Não tirei muitas fotos lá porque já estava com a iluminação ruim e eu tava só com a câmera do celular.


Ainda no mesmo dia (porque somos guerreiros ,haha) fomos passear na orla à noite, onde encontrei o melhor cupcake que já comi, me desculpem mas a gorda aqui tava tão ansiosa que nem tirou foto. Mas daí eu avistei um carrinho estilo aqueles food truck sabe? só que vendendo bijouteria, aí eu passei meia hora lá né, que ninguém é de ferro u.u. Achei a ideia maravilhosa. Eu ia esquecendo de fotografar mas meu assessor namorado estava com a câmera a postos. 


Depois desse dia cansativo fomos dormir, no outro dia aproveitamos mais a piscina e fizemos uma caminhada bem legal pelas praias de Manaíra/Tambaú, ambas praias bem bonitas, Manaíra é mais tranquila e mais família, de Tambaú pra frente no sentido cabo branco fica mais agitado e se vê muitos grupos de jovens, principalmente à noite, eu fiquei pasma com a cena underground, vi mais Headbanger por lá do que tenho visto aqui no Recife antigo. Ah e a propósito, as gay se escondem durante o dia e saem a noite, pra quem simpatiza ou faz parte do movimento LGBT a praia de Tambaú à noite é o point.


Já no dia 22, voltando para casa passamos no farol de Cabo Branco, o ponto é bem alto e dá pra ver  o mar lá do alto, avistei tartarugas marinhas enormes, e lindas *_*, pode trazer para casa? Não não pode, tava só brincando.  Por fim passamos pela Praia de coqueirinho, lá de cima a vista é coisa de outro mundo, não tem alma aflita que não se sinta lavada com tamanha beleza da natureza.

























O litoral de João Pessoa é lindo, vale a pena conhecer, não é um dos lugares mais legais que já fui, é um pouco superestimado, mas não é nada mentira de que tem praias lindas e é um bom lugar para relaxar. Os preços das coisas são muito parecidos com os de Recife, não vi esse custo de vida baixo que as pessoas falam tanto. Achei fraco em termos de restaurantes, os que tinham ou eram altamente sofisticados (consequentemente abrindo só a noite) ou eram bem fraquinhos em estrutura e ofereciam alimentação básica demais (feijão/arroz/macarrão). Achei as barraquinhas o melhor lugar Custo-Benefício para comer. No geral as estradas eram boas, fomos de carro e achamos super tranquilo. Uma das coisas que senti falta foi de identidade, todo lugar que eu fui até hoje, mesmo dentro de Pernambuco tinha algo marcante, um sotaque, a maneira das pessoas, a estrutura dos lugares ... Em João Pessoa não senti isso, encontrei lá Recife de 10 anos atrás, nada mais.

Espero que tenham gostado, essa viagem rendeu muita foto legal, quem quiser ver é só acompanhar no instagram @dinhabelmont.

Beijo na testa :*


Deixe um comentário

Estou respondendo os comentários por aqui mesmo,aproveita e deixa seu link para que eu possa conhecer seu espaço também ^^. Lazy Beijos